|
Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.
Filmes
Filtrar por

Discutindo paradoxos


Plano de Aula do Filme O Paradoxo do Passarinho | Documentário | De Bruno Pinaud, Deko Shmidt | 2004 | 1 min | RJ


Indicação: Uso do Vídeo como SENSIBILIZAÇÃO, despertando a curiosidade e a motivação para pesquisa dos temas envolvidos.
Um paradoxo é algo que nos leva a uma contradição lógica. Imaginamos que o maior desejo de um pássaro é a liberdade de voar. O documentário mostra um pássaro que, embora com a gaiola aberta, lá permanece. Um parodoxo. É preciso ler o assunto vestindo lentes de um caleidoscópio.
A liberdade é tida como um direito humano: liberdade de organização social e política, liberdade de ir e vir,
liberdade de pensar, liberdade de optar, liberdade de expressar-se. Por analogia, podemos resgatar, com O Paradoxo do Passarinho, Platão e o Mito da Caverna, cujo interior da caverna representa o mundo que percebemos pelos sentidos e que tomamos habitualmente como o único verdadeiro, mas que nos remete à chance de buscarmos a luz do lado de fora, o mundo das idéias e do conhecimento.
No entanto, a liberdade é um paradoxo envolto pela diferença entre ter o direito e o poder de exercê-lo. São muitos os exemplos. Citando apenas um: o paradoxo da informação. Nunca houve tanta informação circulando ao nosso redor e ao mesmo tempo tanta desinformação, seja pela falta de acesso, seja pela dificuldade de elaborar esse universo! Liberdade?
Skinner, psicólogo americano, o mais famoso representante do Behaviorismo, rejeitou, com suas teorias sobre condicionamento comportamental, a idéia de livre-arbítrio e defendeu que todo comportamento é determinado pelo ambiente, ainda que a relação do indivíduo com o meio seja de interação, levando-nos, assim, ao paradoxo do controle. Sartre, novelista francês, teatrólogo, e maior intelectual do Existencialismo, defendeu que o homem é, por essência, um ser livre, por ser inteligente e capaz de tomar decisões. Dessa forma nem Sartre nos livrou do paradoxo do controle: homem nunca poderia estar livre de controle, já que ser livre de controle é ser controlado por si mesmo.
Fica a pergunta: onde está o controle do passarinho?
O documentário não nos traz respostas. Nos traz perguntas. Muitas.
Libertação: do que?




Objetivos
Temas:

Tema transversal: Ética
Filosofia: refletir sobre liberdade e determinismo na construção da História
Sociologia: discutir relações de poder no cotidiano
Psicologia: refletir sobre determinantes comportamentais em um grupo social


Situação Didática
 Informar aspectos gerais do vídeo (autor, duração, prêmios...), com o cuidado de não interpretar antes da exibição para que cada um possa fazer a sua leitura.

 Exibir o vídeo até 10 segundos e pedir que os alunos opinem o que irá acontecer, justificando sua hipótese. Exibir o filme todo.

 Pesquisar referências em filosofia psicologia sociologia para justificar a situação mostrada no vídeo

 Propor adaptação do vídeo ao contexto social:narração de situações próximas às mostradas no vídeo.

 Produção de material para socialização de informações e reflexões sobre o tema.



Pedagogo Autor do Plano de Aula
José Manuel Moran


Formação: Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes.
Atividades Profissionais: Diretor acadêmico da Faculdade Sumaré - SP; Especialista em avaliação de cursos superiores a distância; Professor aposentado da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.
Publicações: no último ano : MORAN COSTAS, José Manuel (Org.) ; MORAN, J. M. (Org.) ; MASETTO, M. T. (Org.) ; BEHRENS, M. (Org.) . Novas Tecnologias e Mediação Pedagógica. 10ª. ed. Campinas, SP: Papirus Editora, 2006. 173 p.
Nível: Ensino Superior
Instituição: Faculdade Sumaré | São Paulo | SP