|
Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.
Filmes
Filtrar por

A importância da língua e da cultura nas relações humanas

Filme Utilizado Negócio Fechado | Ficção | De Rodrigo Costa | 2001 | 15 min |



Data da Experiência:25/10/2007

Disciplina(s): Inglês

Temas transversais: Pluralidade Cultural

Nível de ensino da turma*: Ensino Fundamental II

Faixa etária da turma*: de 10 a 14 anos

Nº de alunos que assitiram esta sessão:135

Autor do relato:Letícia de Oliveira Gonzaga

Instituição:ESC EST DE ENSINO FUNDAMENTAL CIEP PARAIBA
| RS | PORTO ALEGRE
| Estadual
Objetivos do uso do filme
Em uma aula de língua estrangeira, as pessoas tendem a pensar que o aspecto mais importante para a efetivação do ato comunicativo é a língua, e muitas vezes não consideramos o imenso valor que tem a compreensão da cultura do outro para que o diálogo seja estabelecido.
O filme "Negócio fechado" é um ótimo exemplo de que não adianta sabermos falar a mesma língua, no caso o português, se não levarmos em consideração os fatores de ordem cultural que permeiam as relações humanas, e mostra que, se não soubermos interagir de forma harmoniosa com a cultura do outro, de nada valerá a proficiência em determinada língua, pois o nosso objetivo comunicativo dificilmente será alcançado enquanto não compreendermos também a bagagem cultural que o outro traz consigo.

Sequência de atividades envolvendo o filme
Antes de os alunos assistirem ao vídeo, uma questão foi lançada para que respondessem após o terem assistido: "Por que às vezes, apesar de estarmos falando a mesma língua, nós não conseguimos entender uns aos outros?". Após a reprodução do vídeo os alunos foram estimulados a responder à questão, apontando-se as semelhanças e diferenças lingüísticas e culturais das personagens do filme. O professor, assumindo o papel de mediador desta reflexão, conduziu-a de forma que, ao final, o aluno conseguisse perceber que, no caso do filme, as personagens não fecharam o negócio devido a uma diferença cultural que não foi devidamente trabalhada por eles. Não havia mais nada que impedisse a realização do negócio: as condições financeiras estavam todas ali, além do fato de que todos as personagens, apesar das pequenas diferenças na linguagem utilizada, falavam o português. Pode-se dizer que todos as personagens entenderam cem por cento das palavras ditas para o outro. Por que, então, um saiu sem entender o que o outro queria? Após esta reflexão, os alunos foram solicitados a escrever uma dissertação com o seguinte tema: "Ao entrarmos em contato com outra cultura há muitos aspectos, além da linguagem, que devem ser levados em consideração. Que aspectos são esses? Que resultados obteremos se observarmos estes aspectos? E se não os observarmos, o que pode acontecer?Escreva uma dissertação sobre a importância da língua e da cultura nas relações humanas, com o mínimo de 15 linhas."

Comente os resultados da experiência
Através do trabalho com o filme "Negócio fechado", a importância da cultura para as relações humanas pôde ser ilustrada de forma que os alunos realmente a compreendessem. Os alunos divertiram-se bastante com o filme, especialmente nos momentos de maior comicidade, o que fez com que uma discussão de extrema importância e seriedade pudesse ser conduzida de forma leve e descontraída. Sem perder de vista o aspecto mais grave do choque cultural, que pode até mesmo chegar a ser conflituoso, como podemos presenciar em diversas regiões do mundo e em diferentes épocas, esta aula teve um sabor especial, pois conseguiu quebrar a monotonia do trabalho diário em sala de aula. Embalados pela animada trilha sonora do filme, os alunos puderam refletir acerca de um aspecto que é inerente à vida de todos nós e que está todos os dias presente em nossos lares, enquanto interagimos com nossos amigos, familiares, vizinhos e desconhecidos, ou até mesmo na própria escola - a pluralidade cultural, a sua compreensão e o respeito que se deve ter para com ela. O trabalho com este filme teve ainda a importantíssima tarefa de desfazer o mito de que basta falar bem uma língua para que possamos nos comunicar livremente com quem quer que seja, sem enfrentarmos nenhum problema de compreensão e entendimento; para nos comunicarmos eficientemente devemos considerar e respeitar a cultura do outro, utilizando-se da língua para movimentar-nos de forma harmoniosa neste meio.