|
Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.
Filmes
Filtrar por

Discussão de documentos que descrevem e asseguram direitos e deveres dos cidadãos


Plano de Aula do Filme O Xadrez das Cores | Ficção | De Marco Schiavon | 2004 | 22 min | RJ


O filme retrata a história de Cida, uma mulher negra que vai trabalhar na casa de Dona Estela, uma senhora de 80 anos, viúva e sem filhos, extremamente racista. A todo momento, Cida é tratada com palavras grosseiras e total desrespeito por dona Estela. Contudo, dona Estela gostava de jogar xadrez e, ao observar o tabuleiro, com peças brancas e pretas, Cida pede à patroa que a ensine a jogar. Mesmo em meio às grosserias de dona Estela, Cida aprende o jogo, porém, cansada de ser mal tratada, pede demissão, mas deixa com dona Estela a imagem de uma Nossa Senhora negra. Dona Estela não se importa com a saída de Cida, tampouco com a imagem da santa, que joga no lixo.
Em sua casa, Cida se desafia a aprender sozinha as estratégias do xadrez, sempre tendo em mente que as peças brancas enfrentam as peças pretas.
Passa a ensinar os meninos da vizinhança e fica feliz com a própria evolução no aprendizado.
Certo dia, é surpreendida pela visita do sobrinho de dona Estela, que diz que a tia quer que Cida volte a trabalhar para ela. Cida retorna à casa da antiga patroa e, entre uma tarefa e outra, joga xadrez com dona Estela que, a esta altura, já tinha retirado a santa do lixo e colocado sobre a mesa. Durante uma das partidas, Cida inverte a posição do tabuleiro de forma que as peças brancas ficam com ela e as peças pretas com dona Estela. Cida faz xeque-mate e ganha o jogo, fato que começa a alertar dona Estela para a crueldade de suas reações racistas. Ao final, ambas acabam convivendo com respeito, afeto e dignidade.




Objetivos
Promover o conhecimento e a discussão de documentos nacionais e internacionais que descrevem e asseguram direitos e deveres dos cidadãos.

Situação Didática
 Trabalho interdisciplinar: Português, História, Pluralidade Cultural e Cidadania- A questão do racismo, apresentada no filme, traz desdobramentos interessantes para discussões em sala de aula: para iniciar os debates, os alunos poderão pesquisar a Declaração Universal dos Direitos Humanos, um dos documentos básicos da Nações Unidas, assinado em 1948 .Na seqüência - e aproveitando a personagem de 80 anos de idade apresentada no filme - podem ter o mesmo procedimento em relação ao Estatuto do Idoso (aprovado em 2003) , que regula os direitos assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 60 anos. Por fim, outra opção é conhecer o Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA - instituído em 1990. Na internet, os documentos citados estão disponíveis nos respectivos sites:

o Declaração Universal dos Direitos Humanos- http://www.mj.gov.br/sedh/ct/legis_intern/ddh_bib_inter_universal.htm
o Estatuto do Idoso - http://www.amperj.org.br/store/legislacao/codigos/idoso_l10741.pdf
o Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA - http://www.planalto.gov.br/ccivil/Leis/L8069.htm

Dependendo do grau de alfabetização, letramento e interpretação de seus alunos, divida-os em grupos e, após a leitura detalhada de cada documento, cada grupo deverá reproduzi-lo de forma sucinta e apresentá-lo em forma de painel para os demais, incluindo comentários pessoais e eventuais adendos que os alunos julguem necessários e complementares. O debate dar-se-á sobre as questões atualmente discutidas a nível nacional, como por exemplo a questão da maioridade penal. Sem dúvida, é um tema bastante controverso e, ao mesmo tempo, delicado, que deverá ser conduzido com muito bom senso, para não gerar tumultos em sala de aula. Contudo, esse exercício oral será muito bom para que os alunos vivenciem, ainda que de forma restrita ao ambiente escolar, as etapas de elaboração de um documento oficial percebendo e vivenciando as possibilidades de pensamentos convergentes e divergentes implícitas em tal ação e o quanto isso adia a elaboração de um documento final e consensual. Por meio deste exercício, são estudados aspectos de Português, como expressão e comunicação verbal e escrita e análise da linguagem apropriada para documentos oficiais. Ao estudar cada um deles também analisam-se a evolução e a intervenção histórica de aspectos que envolvem Pluralidade Cultural e Cidadania nos vários artigos, considerando-se a inclusão ou não de questões contemporâneas como racismo, cotas em universidades, assédio verbal, discriminação por etnia, segregação de gênero, raça, cor da pele, posição político-partidária e prática religiosa. Os temas são interligados e, sem dúvida, bastante polêmicos, porém, precisam ser discutidos.


Comentários
Avaliação:

A sala poderá ser dividida em 3 grandes grupos, sendo que cada um será responsável por pesquisar um dos documentos citados, emitindo pareceres. Ao professor caberá analisá-los e conduzir as intervenções dos demais alunos enfatizando que, a cada argumento apresentado, deve corresponder uma ou mais evidências que o justifiquem.

Pedagogo Autor do Plano de Aula
Beatriz Rizek


Formação: Mestre em Ciências da Comunicação, pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo - ECA/USP Graduada em Pedagogia, com habilitações em Administração e Supervisão Escolar e Orientação Educacional. Pós-graduada em Psicopedagogia (lato senso) Especialização em Psicomotricidade no Institut Supérieur de Rééducation Psychomotrice de Paris/França
Atividades Profissionais: Coordenadora Pedagógica da Escola do Futuro da USP - www.futuro.usp.br . Coordenadora Pedagógica da PMKT - perfect marketing. Consultora ad hoc da Estudo, Estratégia e Informação, em Educação a Distância via internet.Coordenadora Pedagógica de curso a distância de 60 horas, parceria Escola do Futuro da USP, LARC / POL I -USP e NEV / USP - Núcleo de Estudos da Violência.Coordenadora pedagógica do projeto de digitalização dos programas da TV ESCOLA / MEC - Grupo de TV Digital Interativa da Escola do Futuro da USP. Coordenadora pedagógica de programa piloto de inclusão digital para Associação Brasileira de Distrofia Muscular - ABDIM / SP - www.abdim.org.brCoordenadora pedagógica do portal Miniweb Educação - www.miniweb.com.brConsultora pedagógica da Fundação Alavanca - ConectBus - Pontos Móveis de Internet Consultora do portal Klickeducação para ambientes virtuais de aprendizagem - 2000 - 2002Coordenadora Pedagógica e Articulista do Jornal Diário do Grande ABC - Santo André
Publicações: 2005 - Autoria do livro de apoio didático Ensinar com arte. Aprender com criatividade para divulgação exclusiva da Faber-Castell. 2004- Trabalhos cientificos, entre eles:Componentes de avaliação continuada no ambiente de uma comunidade virtual Disponível em http://www.abed.org.br/congresso2004/por/htm/108-TC-D1.htm (capturado em 09/11/04)
Nível: Ensino Superior
Instituição: USP / Rizek Assessoria Cultural | São Paulo | SP