|
Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.
Filmes
Filtrar por

HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA...

Filme Utilizado O Lobisomem e o Coronel | Animação | De Elvis K. Figueiredo, Ítalo Cajueiro | 2002 | 10 min | DF



Data da Experiência:28/10/2008

Disciplina(s): Artes , Língua Portuguesa , Literatura

Temas transversais: Pluralidade Cultural

Nível de ensino da turma*: Educação de Jovens e Adultos

Faixa etária da turma*: acima de 18 anos

Nº de alunos que assitiram esta sessão:23

Autor do relato:MARIA DOMINGAS DE SOUZA

Instituição:EE PROFº MILTON M. CURVO
| MT | CACERES
| Estadual
Objetivos do uso do filme
Os objetivos do uso do curta "O Lobisomem e o Coronel" foram:
- Demonstrar a riqueza do folclore brasileiro;
- Trabalhar o folclore local;
- Desenvolver narrativas fantásticas;
- Elaborar
repentes;
- Narrar histórias de assombração;
- Comparar o curta "O Lobisomem e o Coronel" com o romance (de José Cândido de Carvalho) "O Coronel e o Lobisomem".

Sequência de atividades envolvendo o filme
Quando conheci o curta "O Lobisomen e o Coronel" imediatamente pensei em exibi-lo aos meus alunos da EJA, pois eles sempre contam muitas histórias em sala de aula, por possuírem uma vasta experiência de vida e ter muitas histórias para contar. Antes de exibir o vídeo, meus alunos leram fragmentos do romance "O coronel e o lobisomem", a partir daí, os alunos conheceram um pouco dessa obra e do autor dela; situaram também a que estilo pertencia as características do romance, etc.Daí já brotou neles o interesse pelas histórias de lobisomem - que muitos juram existir. Após todos os estudos sobre essa obra - que foi iniciada na semana anterior (dia 24/10/08) - então na semana seguinte - já próximo ao "halloween) - na segunda-feira exibi o curta. Os alunos gostaram muito e perceberam que o ceguinho do vídeo rimava tudo que dizia, então passamos a trabalhar o repente e pesquisar em qual região do país ele é mais cultivado. Depois dessa pesquisa, foi a vez deles escreverem versos em forma de repente sobre as histórias de assombração mais conhecidas aqui da região e também a compor narrativas fantásticas sobre elas. Fizeram também algumas encenações sobre as lendas daqui da cidade como: o minhocão e o próprio lobisomem. Foi um trabalho do qual todos gostaram muito.

Comente os resultados da experiência
Os resultados dessa experiêcia foram maravilhosos, pois os alunos puderam aprender um pouco mais da cultura e do folclore do nosso país, conhecer também sobre alguns autores romancistas, sobre o repente e, gostaram tanto de fazer o repente que alguns já queriam ser até repentistas. Houve o caso de uma aluna que é uma contadora de histórias nata, pois contava histórias de assombração com uma riqueza de detalhes e fazendo "caras e bocas" e uma voz de arrepiar que uma criança que estava com a mãe na sala começou a chorar de medo. Na hora da encenação foi outro momento ímpar, convidamos algumas pessoas para assistirem a apresentação e todos riram bastante e puderam também de uma forma prazeirosa, aprender mais um pouquinho e viver momentos de pura descontração.