|
Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.
Filmes
Filtrar por

Amor e consciência

Filme Utilizado Velha História | Animação | De Cláudia Jouvin | 2004 | 6 min | RJ



Data da Experiência:19/10/2007

Temas transversais: Pluralidade Cultural

Nível de ensino da turma*: Ensino Fundamental II

Faixa etária da turma*: de 10 a 14 anos

Nº de alunos que assitiram esta sessão:80

Autor do relato:maria julani da silva soares

Instituição:IRMAO URBANO GONZALEZ RODRIGUEZ EEFM
| CE | FORTALEZA
| Estadual
Objetivos do uso do filme
O uso do curta teve como objetivos: refletir sobre o respeito a vida de todos os seres;
compreender a estrutura de texto poético narrativo e os seus elementos; perceber a importância do habitat e dos costumes de cada ser; refletir sobre a amizade, amor e renúncia;compreender que o amor leva a renúncia.

Sequência de atividades envolvendo o filme
Apresentação do curta - título, narrador, criador e a apresentação do poema. Realização da primeira projeção; em seguida os comentários e reflexões. Segunda projeção (sempre passamos duas projeções, pois na primeira os alunos ficam muito empolgados , fazendo comentários e em consequência perdem algumas cenas.) Leitura do poema de Mario Quintana e trabalho com a estrutura do poema narrativo, personagens, características de cada um deles, ambiente, fatos causas, consequências etc. Trabalho com oralidade e escrita, unindo Lingua Portuguesa e Arte: desenhar a cena mais marcante ( o clímax da narrativa ou a mais emocionante)e fazer painel com os desenhos.Recontar em narrativa , usando discurso indireto.Relacionar outros animais que o homem aprisiona e retira do habitat de cada um.

Comente os resultados da experiência
Foi gratificante perceber o lado emocional dos alunos ao ver o desfecho da narrativa. A proposta tornou-se lúdica pelo desenho onde cada um pôde expressar seus sentimentos e opiniões. Muitos deixaram escapar um "ah!....", muito espantados diante do desfecho final.O curta serviu para lembrarmos as atrocidades que o homem faz aos animais dizendo ser por amor.Os alunos fizeram um juri simulado para julgar a atitude do homem. Ele foi absolvido.O engraçado foi que um aluno pensou que o peixinho tinha cometido o suicídio porque não sabia viver sem o homem. O mais importante foi a participação de um aluno que nunca participa de atividades onde há comunicação oral: refez o comentário do outro aluno, mostrando que a causa não tinha sido suicídio, mas "o homem havia transformado o peixe num cãozinho, daí o peixinho deixara de ser peixe, não sabia mais nadar e nem tão pouco viver dentro d`água..." Esta participação teve um grande significado vindo de quem veio, pois esse aluno nao reage facilmente aos estímulos, ainda mais sendo repetente. O texto do poema encontramos na Internet. Deu tudo certo e valeu a pena! Fiquei muito feliz e meus alunos mais ainda. Houve alguém que falou: "professora, a aula foi maravilhosa..." Um mérito muito grande do uso dos curtas é que o professor o exibe e pode explorar ainda na mesma aula.Não cansa os alunos e torna-se bastante objetivo.